Para o Mecânico

Quando fazer a troca do filtro de combustível?

Mecânico com o Filtro de Combustível na mão

A manutenção de um carro é feita de acordo com a análise de peças vitais para o seu funcionamento. E uma das peças que merece muita atenção é o filtro de combustível.

Ter cuidado com esse item significa aproveitar ao máximo a eficiência do automóvel. Isso porque o filtro é essencial para o bom desempenho do motor, uma vez que impede a entrada de impurezas.

Conhecer os sintomas de um filtro de combustível sujo facilitará bastante a sua vida e a de sua equipe. Pensando nisso, preparamos este post, para que você saiba mais sobre essa peça, qual a sua função e o momento certo para trocá-la. Confira!

Filtro de combustível

O filtro de combustível é uma das peças mais importantes para o bom funcionamento de um carro e para a conservação do motor. A sua função é filtrar o combustível, eliminando os resíduos sólidos e sujeiras que possam estar no tanque ou no próprio líquido, capazes de prejudicar o desempenho de componentes do carro.

Essa peça fica instalada junto ao tanque de gasolina ou próximo da entrada do motor. Ela impede que a bomba de combustível queime e que os bicos injetores fiquem entupidos.

Existem diferentes modelos de filtro no mercado, e eles variam conforme o tipo de combustível. Eles podem ser: blindados, de lã ou papel.

Problemas causados pelo mau estado da peça

Como já mencionamos, o filtro tem a função de proteger o motor contra impurezas e umidade. Caso o motorista insista em utilizar o veículo com o filtro sujo, o motor acusará os primeiros sinais de problemas.

Em condições precárias, o filtro pode se romper e deixar o combustível passar sem a devida filtragem. E um vazamento no tanque de combustível, por menor que seja, pode provocar um alto prejuízo. Isso pode causar danos ao sistema de injeção e ao motor, reduzindo a vida útil do automóvel.

Assim, verificar essa falha o mais rápido possível é a melhor maneira de contornar a situação. No entanto, vale lembrar que a manutenção preventiva sempre será a mais indicada, por ser mais econômica e dar certa segurança aos condutores.

Momento ideal para troca

Existem alguns fatores que sinalizam problemas no filtro de combustível, indicando que é hora de trocá-lo. Conheça alguns, a seguir.

Dificuldade para dar partida no carro

Em geral, esse é um dos primeiros sinais que indicam que o filtro está sujo. Como comentado acima, a peça fica entre o tanque e o motor, realizando a filtragem do combustível que vai de um ponto a outro.

Isso significa que, quando o filtro está entupido, o líquido tem mais dificuldade para ser transferido entre essas duas partes. Logo, isso afeta de forma direta o processo de ligar o carro. Nesse caso, a melhor opção é realizar a troca da peça.

Ferrugem na estrutura

Esse não é um bom sinal, já que a oxidação da peça pode causar estragos irreparáveis ao sistema de injeção do carro (carburador e bicos injetores). Antes que isso aconteça, é essencial fazer a checagem do filtro e trocá-lo caso seja necessário, evitando que o problema se agrave.

Marcha lenta ou irregular

Caso o carro apresente falhas na aceleração, o combustível pode não estar alimentando o motor de forma apropriada.

Diante disso, checar em que estado se encontra o filtro de combustível é obrigatório, até por questões ambientais, evitando aquela fumaça preta que geralmente é vista saindo pelo escapamento de alguns veículos.

Aumento do consumo de combustível

Considerado um dos efeitos mais marcantes, o aumento no consumo de combustível acontece por causa da barreira de impurezas criada entre o tanque e o motor. Em função disso, muita pressão é exercida nessa estrutura, fazendo com que apenas uma pequena parte do líquido chegue ao destino final para ser aproveitada. Assim, muito combustível é perdido sem queimar de forma adequada.

Caso o cliente mencione um aumento no consumo de combustível ou perda de eficiência do veículo, analise se há de fato um consumo acima da média. Caso positivo, realize a troca do filtro.

Impressão de falta de combustível

Além de aumentar o consumo, um dos indícios de filtro sujo é a impressão de que o carro está sem combustível. Isso pode ser percebido tanto na hora de ligar o carro quanto durante seu funcionamento.

Devido às impurezas, o fluxo do líquido pode ser interrompido de forma repentina quando o automóvel está em baixas velocidades, dando a entender a falta de combustível.

Caso o motorista persista em utilizar o carro nessas condições, pode ser necessário chamar um reboque em algum momento. Assim, informe ao cliente que é melhor optar pela manutenção preventiva do que arcar com as consequências depois.

Dicas para aumentar a vida útil do filtro

Use combustível aditivado

A qualidade dos produtos utilizados para o funcionamento de um veículo faz toda diferença quando se fala em vida útil das peças. E com o filtro de combustível não é diferente. A melhor maneira de aumentar a durabilidade desse componente é usar combustível de qualidade, evitando desgastes precoces e troca antecipada.

Quando o motorista escolhe a gasolina aditivada, o próprio líquido já faz o trabalho de limpeza do filtro, aumentando a vida útil da peça e a performance do motor em médio e longo prazo.

Esqueça o tanque reserva

Em alguns casos, os resíduos sólidos e as impurezas acabam se desprendendo do próprio depósito de combustível e acumulando no fundo da estrutura. Então, quando a bomba começa a puxar o líquido que está na base do reservatório, os resíduos vão junto.

Para evitar que todas as impurezas que se encontram no tanque sigam em direção ao motor, evite esperar que o combustível atinja a reserva, pois é lá que se encontram esses sedimentos sólidos.

Limpe o tanque periodicamente

Como mencionamos no tópico anterior, o fundo do tanque de combustível contém grande parte da sujeira acumulada, que, ao ser puxada pela bomba, fica presa ao filtro. Portanto, durante uma manutenção de rotina, faça a limpeza dessa parte do carro.

Sempre oriente o cliente a realizar esse procedimento com um profissional qualificado, pois além da troca do filtro, a limpeza no tanque fará com que a nova peça tenha menos trabalho, aumentando sua durabilidade e tempo de uso.

Como foi possível perceber, um filtro em mau estado pode gerar aumento no consumo de combustível, entupimento dos bicos e desgaste prematuro das peças do motor, prejudicando o funcionamento do automóvel.

Por isso é tão importante conhecer os principais sintomas que indicam um filtro de combustível sujo. Se o carro não apresentar problemas, a troca é recomendada a cada 10 mil quilômetros rodados ou conforme as instruções da fabricante.

Agora que você conhece os principais indícios que sinalizam a necessidade de troca do filtro de combustível, pode orientar seus clientes da melhor maneira. Se você achou este texto interessante, compartilhe-o em suas redes sociais e mostre que você e sua equipe estão sempre se informando!

Ebook como trocar uma pastilha de freioPowered by Rock Convert